Ano 1989

UNIÃO EUROPEIA DE PÁRA-QUEDISTAS

      Em 1989, o TCoronel M.Reeb do Conselho de Administração  da UNP decide, com o consentimento do seu presidente, o Comandante H.J. Loustau, relançar a Associação.

Depois de contatar com o Coronel K.H. Sander, Presidente Nacional da BDF, traçou um plano de ação para levar a cabo as iniciativas necessárias. 

     A primeira proposta foi realizar uma primeira reunião a 22 de setembro de 1989 em Paris, participando: Coronel K.H. SANDER do BDF (Alemanha), o General ANPd V. ROSSI'I (Itália), Coronel P. DESPRECHINS de ANPCV (Bélgica) e o comandante LOUSTAU H.J. a UNP (França).

O Tenente-Coronel M. REEB é nomeado como secretário-geral e apresenta um projecto de estatuto.

  O Coronel P. DESPRECHINS toma parte numa nova reunião em Schongau (Alemanha) em 25 de novembro deste ano 1989 e nessa reunião, o Conselho de administração da ANPCV (Bélgica), decide não aderir à Associação Europeia.

       Em  Fevereiro de 1990, realiza-se uma nova reunião com os Presidentes das associações  da Alemanha, França e Grecia.

 A Bélgica e a Itália, confirmar a sua não adesão, e  é aceite o Clube das forças especiais  do norte da Grécia, sendo seu Presidente, Sr. Constantino LIKOTRAFITIS.

 O Comandante H.J. Loustau, Presidente da UNP é eleito o primeiro Presidente executivo da U.E.P. 

É aprovado o Regulamento Interno.